quarta-feira, 3 de dezembro de 2014


   Espero que um dia, quando eu for avó, a minha neta (ou neto) escreva assim com tanto orgulho de mim, como a Matilde Henrique escreveu sobre a avó dela!

   O texto está lindíssimo e a transbordar de emoções! Parabéns, Matilde! Ora espreitem...




Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.